Conheça o poder das oleaginosas

 

shutterstock_65089942.jpg

Sabe aquela fome louca que você sente pouco tempo depois de comer uma maçã? É porque ela tem a metabolização rápida. Sempre me perguntam na fanpage porque eu consumo a fruta junto com a castanha… Faço isso pois a castanha ajuda a reduzir o índice glicêmico (Índice glicêmico é a capacidade que o alimento tem de elevar o nível de glicose do sangue). Mas não é apenas esse o benefício de se consumir a castanha e outras oleaginosas como nozes, amendoim, avelã, macadâmia entre outras.

Quem quer ficar em dia com a saúde e com o corpo não tem jeito, precisa se alimentar direito! E se alimentar direito não significa só comer frutas e verduras, é preciso consumir todos os nutrientes que o corpo precisa e nas quantidades certas, e as oleaginosas ajudam no bom funcionamento do nosso sistema digestivo já que possuem um nutriente essencial para o corpo, a gordura.
Aí você me pergunta, como assim gordura??? Nada de pânico! Infelizmente muitos de nós só enxerga a gordura como algo nocivo e não sabe que existe a gordura boa e a gordura ruim (Veja sobre gordura boa x gordura ruim aqui!), pois precisamos saber disso, principalmente para analisar as informações nutricionais dos alimentos que compramos pra consumir (Veja sobre como entender a tabela nutricional aqui!). 

As oleaginosas possuem o que chamamos de gordura boa, elas conseguem reduzir a gordura ruim, e conseguem ajudar no ganho de massa muscular e na perda de gordura, possuem propriedades antioxidantes e combatem infecções do organismo, auxiliam a circulação sanguínea e a saúde cardiovascular, são também ótimas fontes de vitaminas e minerais, como  fósforo, cálcio, zinco , vitaminas A e B, além de práticas e perfeitas para o lanchinho, pois dá pra levar pra qualquer lugar.

E muito importante! Muitas delas são uma delícia, então se contenham e respeitem a quantidade, pois em excesso vai atrapalhar… 

Segundo a nutricionista Fernanda Granja de Oliveira Gomes, “o ideal é usar no máximo 10 unidades por dia, ou seja, 5 no lanche da manhã e 5 no lanche da tarde. E para não morrer de fome e desespero por não pode comer mais, eu sempre sugiro para meus pacientes comer 1 fruta + 2 ou 5 oleaginosas, assim, você consegue otimizar os nutrientes, pois eles agem em sinergismo e você tem resultado imediato em relação à disposição e energia celular. Vale uma ressalva: a castanha do pará é a única oleaginosa que  não pode ultrapassar de 2 ou 3 por dia! Isso acontece porque ela é rica em selênio! O selênio é super importante e super antioxidante! Mas em excesso ele se torna pró-oxidante, ou seja, começa a fazer mal… Os sintomas do excesso são variados, mas o mais comum é queda de cabelo e manchas na pele… Por isso cuidado!”

Usem essas delícias a seu favor!

Fica a dica! 😉

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s